Conselho Estadual de Saúde do RJ participa do Abrascão 2022, em Salvador

Representado pelos (as) conselheiros (as) Sueli Soares, Leonardo Bastos e Joana d’Arc, o Conselho Estadual de Saúde do Rio de Janeiro – CES/RJ enviou representantes para o 13º Congresso Brasileiro de Saúde Coletiva, que aconteceu entre 19 e 24 de outubro em Salvador, na Bahia. Quase sete mil pessoas passaram pelo evento durante os seis dias de realização.

O encontro deste ano abordou importantes temas sobre as políticas públicas em saúde no Brasil, a crise ambiental e as mudanças climáticas, além de uma ampla análise da chegada e desenvolvimento da pandemia do novo coronavírus no país e de que forma o Estado enfrentou – ou não – o desafio colocado para o Sistema Único de Saúde. Sob o tema ‘Democracia é Saúde: Diversidade, Equidade e Justiça Social’, sanitaristas, epidemiologistas, cientistas políticos, cientistas sociais, comunicadores, especialistas em políticas públicas, profissionais e trabalhadores da saúde, gestores e técnicos da saúde, representantes do Controle Social, além de militantes de movimentos sociais e de entidades da sociedade civil atuantes na área da saúde de todas as regiões do país estiveram presente ao Congresso deste ano.

Joana d’Arc(CES/RJ), Raphael Borges (conselheiro estadual de saúde do RJ representando o CRO-RJ), Sueli Soares (CES/RJ), Rosemary Mendes (suplente da presidência do CES/RJ, representando a Subsecretaria de Vigilância em Saúde da SES/RJ) e Leonardo Bastos (CES/RJ).

De acordo com os participantes, o Abrascão 2022 serviu para a “superação do obscurantismo social e político que se instalou no governo federal nos últimos anos; a recuperação os fundamentos de uma democracia participativa para o país, respeitando a vontade da maioria e produzindo política pública de qualidade para todos e em todo o Brasil; a recuperação para o Estado brasileiro da reponsabilidade de agir em favor de uma sociedade mais justa, mais humana, mais fraterna e mais solidária”. Foram realizadas várias mesas, oficinas e debates sobre a importância dos direitos sociais, do direito à saúde pública, de qualidade e equânime.

Sueli Soares, representando o Conselho, destacou a participação dos membros em diversos momentos do Congresso:

“Nós, conselheiros, participamos de vários momentos do Congresso. Entendemos ser importante estarmos nesses espaços democráticos e de luta, pois o controle social também sai fortalecido quando participa desses momentos! O ABRASCÃO, como o congresso é carinhosamente chamado, produz terreno fértil de ideias e germina sementes de ideais de liberdade, democracia, equidade e respeito à diversidade e à pluralidade!”, Sueli Soares, conselheira estadual de saúde do RJ.

Joana d’Arc, também conselheira estadual de saúde do RJ, destacou a importância da ampliação da visão do Controle Social:

“As oficinas foram muito enriquecedoras para o aprendizado dos conselheiros e uma visão ampliada do controle social. Para mim foi uma experiência ímpar, pois consegui adquirir uma sensibilidade ampla em relação usuários/trabalhadores e gestores e o quando a união se faz necessária para o SUS que desejamos”, disse.

Durante o Congresso, foi lançado o Dossiê Abrasco Pandemia de COVID-19, onde é apresentada uma análise técnica e política da evolução da doença no Brasil. Ao final, foi divulgada a Carta de Salvador – ABRASCÃO 2022.

Daniel Spirin Reynaldo/Ascom CES-RJ

Fotos: Sueli Soares, Leonardo Bastos e Joana d’Arc

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s